19 maio 2012

PROVE uma iniciativa Comércio Justo

.
PROVEComercioJusto

O Belmiro e o Soares dos Santos com a sua falta de apoio à produção nacional, tem deixado os nossos agricultores e criadores numa situação difícil, e os consumidores muitas vezes frustrados por não encontrarem nas bancas os produtos frescos nacionais que gostariam de levar.
.
Uma das formas de contornar esse cartel instalado na distribuição passa pelo apoio a iniciativas como estas patrocinadas pelo CIDAC, que apoia o Comércio Justo. Informe-se melhor no link.
.
Passei a dar apoio a esta estratégia através da adesão à iniciativa de pequenos agricultores que se chama PROVE e me parece ser séria. Fiz a inscrição AQUI na área do Consumidor do site deste projecto, preenchendo uma pequena ficha com os dados de identificação; resolvi entretanto um problema momentâneo pelo telefone lá disponível, com o produtor que escolhi, e já hoje fui levantar o cabaz da horta que me prepararam, que pode ver na foto: foram 6,130 Kg de legumes e fruta, por 10 Euros. Pode não ser um negócio da china, mas parece justo. Escolhi pela proximidade a Loja CIDAC das Picoas. O site funciona bem, porque o produtor tem acesso quase imediato à nossa inscrição, aconselho que faça um chamada telefónica e fica logo a conhecer a pessoa que lhe vai trazer a horta e a fruta colhida na véspera.


2 comentários:

Rogério Pereira disse...

Uma iniciativa europeia com bom impacto, de sério objectivo, virado a uma solução que altera a lógica do comércio que esmaga a produção? Pode ser... Vamos ver. Nem tudo pode ser mau...

Graza disse...

Sim, tem razão Rogério, é uma iniciativa com fortes empurrões que nos compete apoiar também, para não nos andarmos sempre a queixar dos cartéis instalados. Tenho pena que os nossos produtores também não tenham mais iniciativa, mas eles não podem ser muito diferentes da média que somos. Resumindo temos que ser nós também a fazer mexer as coisas.
Abraço.